O Grão Perdão no Ano da Misericórdia

o grão perdão

Nós temos a honra de dizer, que nesse ano de 2016, Ano Santo da Misericórdia, no qual foi proclamado pelo Papa Francisco, em um Jubileu Extraordinário, vivenciamos outra graça extraordinária da nossa Santa Igreja, o dia do encontro entre os dois extremos de Amor e Misericórdia de Deus por nós: a Anunciação do Arcanjo Gabriel à Virgem Maria, comemorado no dia 25 de Março, exatamente nove meses para o Nascimento de Jesus, e a Sexta-Feira Santa, Paixão e Crucificação de nosso Senhor. O dia em que o início da nossa redenção e a consumação dela se fundem na mesma data, e convertem-se para nós em um tão sublime dia do Grão Perdão (Grande Perdão).

Foi assim chamado desde os tempos antigos, como acontece a cada 141 anos, ou seja, a próxima vez será somente em 2157, quando nós que hoje aqui estamos, esperamos já estar na morada celeste.

Nosso Deus e Senhor, que é a própria bondade, através da sua Igreja, guardiã das Suas graças, concede neste dia a indulgência plenária, o perdão de todos os pecados passados, e nos mostra o que fazer para aproveitá-la: devemos estar em estado de graça, ou seja, livre de pecados mortais, e para isso termos participado do Sacramento da Reconciliação (confissão); e fazer uma visita a uma igreja dedicada à Virgem Maria, já que por Ela, Cristo nos veio na encarnação, e na cruz, Cristo nos deu Ela por Mãe.

Portanto, rezemos sempre para que nossos netos, bisnetos, e as gerações seguintes, saibam valorizar esse momento quando ele chegar novamente, e que esse texto fique documentado, para auxiliá-los a conhecer tamanha riqueza.